sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Vós Sois Filhos de Deus?


Eu falo em uma linguagem clara, vocês conhecem a minha forma de pregação: Eu não quero bancar o orador, eu não quero ser considerado um erudito; eu quero falar de forma que eu possa alcançar corações de pessoas miseráveis; O que dizeis vós, meus queridos ouvintes? Vós sois sensíveis à vossa iniquidade? Vós sentis que sois pobres, miseráveis, cegos e nus, por natureza? Vós concedereis os seus corações, suas afeições, suas vontades, seus entendimentos, para serem guiados pelo Espírito de Deus, como uma pequena criança concede a sua mão para ser guiada pelos seus pais? Vós sois pequenos aos seus próprios olhos? Vós pensais miseravelmente de si mesmos? E vocês querem aprender algo novo a cada dia? Eu menciono estas marcas, porque eu estou habilitado a crer que elas são mais adaptadas para a grande maioria de suas capacidades. A grande maioria de vocês não tem aquela demonstração de afeição que vós algumas vezes tinham, portanto vós estais abandonando todas as suas evidências, e fazendo um caminho para a vinda do Diabo ao seu coração. Vocês não estão trazidos para o monte como costumavam ser, portanto, vós concluís que não tendes absolutamente nenhuma graça. Mas se o Senhor Jesus Cristo te esvaziou, e te humilhou, se Ele está concedendo a ti que veja e saiba que tu não és nada; embora tu não estejas crescendo para cima, tu estais crescendo para baixo; e embora tu não tenhas tanto gozo, mas teu coração está esvaziando para ser mais abundantemente preenchido progressivamente. Pode algum de vocês seguir-me? Então, dê graças a Deus, e tenha consolo nisto.
Se tu és assim convertido, e te tornou um a pequena criança, eu te recebo, em o nome do Senhor Jesus, na querida família de Deus; eu te acolho, em o nome do querido Redentor, na companhia dos filhos de Deus. Oh, vós, queridas almas, embora o mundo não veja nada em vocês, embora não haja nenhuma diferença exterior entre vocês e os outros, ainda assim eu olho para vocês em outra luz, mesmo como muitos filhos e filhas de rei. Salve! Em o nome de Deus, eu desejo a cada um de vocês da alegria de minha alma, vós filhos e filhas do Rei dos reis.
Vocês não exercitarão doravante um temperamento semelhante ao de criança? Tal pensamento não derrete os vossos corações, quando eu os digo, que o grande Deus, quem poderia ter condenado vocês ao inferno devido os seus pecados secretos, que ninguém conhecia, senão Deus e as suas próprias almas, e quem poderia ter condenado vocês por tempos incontáveis, lançou o manto de Seu amor sobre vocês; Sua voz tem sido, deixe aquele homem, deixe aquela mulher viver, pois eu encontrei um resgate. Oh, vós não clamarão: Por que eu, Senhor?
Se o rei George envia para algum de seus filhos, e você ouvisse que eles deveriam ser filhos adotivos, quão altamente honrado você poderia pensar que seus filhos devem ser? Que grande condescendência foi que a filha de Faraó tomasse a Moisés, uma pobre criança exposta em um cesto de juncos, e o criasse como seu filho? Mas, o que é esta bem-aventurança em comparação com a tua, que era outro dia um filho do Diabo, mas agora, pela graça da conversão foi feito filho de Deus? Vós sois convertidos? Vós fostes feitos como pequenas crianças? Então, o que devemos fazer? Meus queridos ouvintes, sejam obedientes a Deus, lembrem-se que Deus é o seu pai; e como cada um de vocês deve saber que incômoda cruz é ter um filho ímpio, desobediente; se não quereis que vossos filhos sejam desobedientes a vós, por causa de Cristo não sejam desobedientes ao vosso pai celestial. Se Deus é o seu pai, obedeça-O: se Deus é o seu pai, sirva-O; ame-O de todo o seu coração, ame-O com todo o seu poder, com toda a sua alma, e com toda a sua força.
Se Deus é o seu pai, fuja de tudo o que possa desagrada-Lo; e ande dignamente diante deste Deus, que o chamou para Seu reino e glória. Se vós sois convertidos e feitos como pequenas crianças, então comportem-se como filhinhos: eles anseiam pela mama, e com isto estarão contentes.
Vós sois bebês recém-nascidos? Então, desejem o verdadeiro leite da palavra, para que vós possais crescer por meio dela. Eu não quero que palhas arminianas possam vos derrubar; vós sois filhos e filhas de rei, e tendes um gosto mais refinado; vocês devem ter as doutrinas da graça; e bendito seja Deus que vocês residem em um país, onde a verdadeira palavra é tão claramente pregada. Vós sois crianças? Então cresçam na graça, e no conhecimento de vosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Há algum de vós que não cresce? Vós não lamentais aquelas crianças, e choram sobre ela; vós não dizeis, meu filho nunca será saudável para nada no mundo? Bem, vos aflige ver uma criança que não crescerá; quanto mais isto deve afligir o coração de Cristo vê-los crescer tão pouco? Serão para sempre crianças? Estarão sempre aprendendo os princípios do Cristianismo, e nunca avançarão em direção ao alvo, pelo preço da alta chamada de Deus em Cristo Jesus? Deus não permita. Deixe a linguagem de seu coração ser: “Senhor, ajude-me a crescer, ajude-me a aprender mais, ensina-me a viver de modo que meu progresso possa ser conhecido por todos!”
Vós sois filhos de Deus? Vós sois convertidos, e feitos como pequenas crianças? Então, lidem com Deus como seus filhinhos fazem com vocês, tão logo eles alguma vez desejem algo, ou se algum colega os machucar, eu apelo a vocês mesmos se eles não correm diretamente para os seus pais. Bem vós sois filhos de Deus? O Diabo os incomoda? O mundo os perturba? Vá contar ao seu pai sobre isto, vá diretamente e lamente-se a Deus. Talvez, você possa dizer: eu não consigo pronunciar belas palavras: mas algum de vocês espera belas palavras de seus filhos? Se eles veem chorando, e podem falar apenas meias palavras, os seus corações não se apiedam sobre eles? E Deus não é mais inefavelmente piedoso para vocês? Se vós conseguis fazer apenas gestos para Ele: “Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem”. Eu vos peço, portanto, sejam preciosos com o seu Pai, dizendo: “Aba, Pai”, Satanás me atormenta, o mundo me perturba, os filhos de minha própria mãe estão com raiva de mim; Pai celestial, peleje a minha causa! O Senhor, então, falará com você, de uma forma ou de outra.
Vós sois convertidos, e feitos como criancinhas, entraram na família de Deus? Então, se assegurem, que o vosso Pai celestial irá corrigi-los agora e depois: “porque, que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos”. Isto é registrado sobre o bispo Latimer, que na casa que ele veio hospedar-se, ele ouviu o dono da casa dizer: eu agradeço a Deus que eu nunca tive uma cruz em minha vida; Oh, disse ele, então, eu não ficarei aqui. Eu acredito que não há um filho de Deus, quando em um bom estado, apenas orou por grande humildade; eles oraram por grande fé, eles oraram por grande amor, eles oraram por todas as graças do Espírito: Vós sabeis, quando elevais estas orações, que vós também dizeis, Senhor envia-nos grandes problemas: pois como é possível a vos conhecer grande fé, humildade e amor, sem que Deus os coloque em grandes aflições, para que possais saber se já as tendes ou não. Eu menciono isto, porque a grande maioria dos filhos de Deus (eu estou certo que isto foi uma tentação a mim, muitas vezes, quando eu estive sob a vara da aflição de Deus) quando eles têm grandes aflições, pensam que Deus está abandonando-os.
Se, portanto, vós sois filhos de Deus; se sois convertidos e feitos como pequenas crianças; não esperais que Deus será como um pai tolo; não, Ele é um Deus zeloso, Ele ama muito a sua criança para lhe poupar a vara. Como Ele corrigiu Mirian? Como Ele corrigiu Moisés? Como em todas as eras, Deus corrigiu seus mais queridos filhos? Logo, se sois convertidos, e feitos como pequenas crianças, se Deus retirou um filho, ou sua matéria, se Deus experimentou amigos para abandoná-los, e se você está abandonado como se fosse por Deus e pelo homem, diga, Senhor, eu Te agradeço! Eu sou um filho perverso, ou Deus não me atingiria tão frequente e duramente. Não blasfeme o seu Pai celestial, mas culpe a si mesmo; Ele é um Deus amoroso, e um terno Pai, “Em toda a nossa angústia, ele foi angustiado”, portanto, quando Deus falara a Moisés, ele falara de uma sarça, tal como para dizer: “Moisés, esta sarça representa o meu povo; como esta sarça está ardendo em fogo, assim meus filhos arderão em aflição; mas Eu estou na sarça; se a sarça queima, eu queimarei com ela; Eu estarei com eles na fornalha; Eu estarei com eles na água, e embora a água venha sobre eles; ela não os submergirá”.
Vós sois filhos? Vós sois convertidos e feitos como filhinhos? Então, vós não esperareis ir para casa e ver o vosso Pai? Oh, felizes aqueles que foram para o lar antes de vocês; felizes aqueles que estão lá no alto, felizes aqueles que ascenderam acima deste campo de batalha. Eu não sei o que vocês pensam disto, mas desde que eu ouvi aqueles, sobre cujos corações Deus se agradou em operar, partirem para a glória, eu sou em alguns momentos cheio de sofrimento, que Deus não se agradou de deixar-me ir para casa também. Como vocês podem ver tanta frieza entre o povo de Deus? Como vós podeis ver o povo de Deus como a lua, crescente e minguante? Quem pode apenas desejar estar para sempre com o Senhor? Graças a Deus, que o tempo vem em breve; graças a Deus, que Ele virá e não tardará. Não sejais impacientes, Deus em seu próprio tempo buscar-vos-á para casa. E embora vó sejais levados à breve concessão agora, embora alguns de vocês podem estar suas estreitas circunstâncias, ainda assim, não murmure; um Deus, e o Evangelho de Cristo, com pão escuro, são grandes riquezas. Na casa de Teu Pai há pão suficiente e de sobra; embora tu sejas agora atormentado, ainda assim, progressivamente serás confortado; os anjos considerarão como uma honra carregar-te ao seio de Abraão, embora tu sejas apenas um Lázaro aqui. Pela estrutura do meu coração, eu estou muito inclinado a falar consoladoramente ao povo de Deus.
Mas eu somente menciono mais uma coisa, e é isso, se vós sois convertidos, e feitos como pequenas crianças, então por causa de Deus, tenham cuidado em fazer o que as crianças costumeiramente fazem; elas são muito hábeis a brigar umas com as outras. Oh, ameis uns aos outros: “e quem está em amor está em Deus, e Deus nele”. José sabia que seus irmãos estavam em perigo de brigar, portanto, quando ele os deixou, disse: “Não contendais pelo caminho”. Vós sois filhos do mesmo Pai; vós estais indo para o mesmo lugar; por que vós iríeis diferir? Oh, o mundo tem o suficiente contra nós, o Diabo tem o suficiente contra nós, sem nossa disputa um contra o outro; Oh, andem em amor. Se eu não pudesse pregar mais, se eu não fosse capaz de resistir até o final de meu sermão, eu diria como João, quando ele envelheceu e não podia pregar: “Filhinhos, amai uns aos outros”. Se vós sois filhos de Deus, então amem uns aos outros. Não há nada que mais me aflija, do que diferenças entre o povo de Deus. Oh, apressem aquele tempo, quando nós deveremos também ir para o céu, e nunca mais brigaremos!
Quisera Deus que eu pudesse falar a todos vocês nesta linguagem consoladora; mas meu mestre me diz, eu não devo “dar aos cães as coisas santas, nem deitar aos porcos as vossas pérolas”, portanto, embora eu estive falando consoladoramente, ainda assim o que eu disse, especialmente nesta última parte da pregação, pertence aos filhos; é pão dos filhos, isto pertence ao povo de Deus. Se algum de vós não tem a graça, sem Cristo, criaturas não-convertidas, eu vos ordeno não tocar nisto, eu proíbo isto em o nome de Deus; há uma espada flamejante em volta de todo caminho para mantê-los à parte deste pão da vida, até que vós convertam a Jesus Cristo.
E, portanto, como eu suponho que muitos de vocês não são convertidos, e [que] vão para a casa sem a graça! E vão para os seus quartos, e para baixo com seus corações teimosos perante Deus; se vós não o fizestes antes, permita que seja esta noite. Ou, não esperem até ir para casa; comece agora, enquanto permanecendo aqui; ore a Deus, e deixe que a linguagem do teu coração seja: “Senhor, converta-me! Senhor faça-me uma pequena criança, Senhor Jesus não permita que eu seja banido de Teu reino!” Meus queridos amigos, há um grande acordo mais implícito nas palavras, do que é expressado: quando Cristo diz: “de modo algum entrareis no reino dos céus” isto é mais para dizer: “vós certamente ireis para o inferno, vós certamente sereis condenados, e habitarão na escuridão e trevas para sempre, vós ireis para onde o verme não morre, e onde o fogo não se apaga”. O Senhor imprima isto sobre vossas almas! Que uma flecha (como alguém me escreveu em uma carta) mergulhada no sangue de Cristo, alcance cada coração de pecador não-convertido! Que Deus execute o texto a cada uma de vossas almas! É somente Ele que pode fazer isto! Se vós confessais os vossos pecados, e os abandonarem, e se apossarem do Senhor Jesus Cristo, o Espírito de Deus será dado a vocês; se vocês desejam ir e dizer, converta-me, Oh meu Deus! Tu não sabes, oh homem, o que o retornar a Deus pode ser para ti.
Se eu pensasse que a pregação seria para o propósito, se eu pensasse que argumentos vos induziriam a vir, eu continuaria minha pregação até a meia-noite. E, não obstante, alguns de vocês possam me odiar sem um motivo, quisera Deus que cada um nesta congregação fosse tão preocupado com ele mesmo, como no momento (bendito seja Deus) eu mesmo me sinto preocupado por ele. Oh, que minha cabeça fossem águas, Oh, que meus olhos fossem uma fonte de lágrimas, para que eu pudesse chorar sobre uma geração não-convertida, desgraçada, ímpia, e adúltera.
Almas preciosas, por causa de Deus pensem no que acontecerá convosco ao morrer, se vocês morrem sem ser convertidos; se vós partis daqui sem a veste de casamento, Deus golpeá-los-á sem discursos, e vós sereis banidos de Sua presença para todo o sempre. Eu sei que vós não conseguireis habitar com as chamas eternas; observe, então, eu vos mostro um caminho de fuga: Jesus é o caminho, Jesus é a verdade, o Senhor Jesus Cristo é a ressurreição e a vida. É o Seu Espírito que deve vos converter, venham a Cristo, e vós o tereis; e que Deus, por causa de Cristo, o conceda a vocês, e vos converta, para que nós todos possamos nos encontrar, e nunca nos separarmos novamente, em Seu reino celestial; ainda pelo Senhor Jesus, Amém e Amém.
[Sermão editado por Christian Classics Ethereal; extraído da coletânea “Selected Sermons of George WhiteField”, p. 234 - 245 | Título Original deste Sermão: “Marks of a True Conversion”]
——————————
♦ Este texto é um trecho do Sermão, Marcas de Uma Verdadeira Conversão. Fizemos um e-book deste Sermão, faça o download clicando AQUI
♦ Fonte: Fonte: www.ccel.org
♦ Tradução: Camila Rebeca Almeida
♦ Revisão: William Teixeira
♦ As citações bíblicas usadas nesta tradução foram retirada da versão ACF (Almeida Corrigida Fiel)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...