quinta-feira, 3 de julho de 2014

Libertação da Pornografia - Testemunho de James

Como Mefibosete disse a Davi, “Por que te preocuparias comigo, um cão morto?” (2 Samuel 9:8) E isso foi depois de Davi ter dito “comerás na minha mesa todos os dias da tua vida” Eu digo o mesmo, por quê o Senhor se preocupou comigo, um cão morto, uma pulga, um verme? Eu começo dizendo que não sei porque Ele se preocupou comigo, mas eu sei, porque Isaías 43:7 diz que Ele me salvou, Ele me fez, Ele me formou para a Sua glória, e que Deus seria glorificado. É por isso que eu estou aqui testemunhando hoje, porque eu creio que o Senhor será glorificado através do meu testemunho da grande salvação, que tem sido toda graça de Deus, e sabe, eu oro pra que o Senhor me ajude a exaltar Cristo ao mencionar as coisas do meu passado, e de onde estou agora.
E então, sabe, eu cresci na igreja, e por volta dos 5 ou 6 anos, eu fiz a “Oração do Pecador” nos degraus da minha avó, dentro da casa dela, eu me lembro de onde foi. E eu lembro dos anos seguintes, minha esperança de salvação estava naquela oração, eu aceitando Jesus. Eu sempre voltava àquilo. Eu relembrava aquele lugar, pensava nisso e apanhava alguma segurança daquilo e esperava naquilo. Minha esperança não estava em Cristo. Minha rocha não era Ele. Eu estava confiando numa estrutura que parecia firme, mas que me desapontaria no fim.
Então, por volta dos 12 anos, eu comecei a ir ao mercado com a minha mãe – eu tinha ido antes, mas foi naquela época que comecei a reparar nas revistas no caixa e aos 12 anos, eu fiquei fortemente viciado em pornografia e pelos próximos nove anos da minha vida, eu fui escravo dela, seja pela internet ou revistas, onde quer que fosse. Eu estava vivendo para a luxúria. Era o que me controlava, o que me satisfazia. O incrível é que não importa o quanto você use, ela sempre acaba lhe deixando vazio. Uma das coisas mais enganadoras sobre o pecado é a busca dele. Enquanto você persegue o pecado, há satisfação e entusiasmo, mas uma vez que você o alcança, e se satisfaz com ele, aí ele lhe deixa árido e vazio. Como ouvi uma vez, “O pecado lhe levará mais longe do que você quer ir, lhe segurará mais tempo do que você quer ficar, e custará mais do que você jamais quereria pagar.”
Então, por volta dos 18 anos – sabe, no Ensino Fundamental, meus pais me tiraram da escola e me ensinaram em casa. Mas eu menti, não fiz quase nada do colégio- eu joguei vídeo-games por 15-16 horas por dia, durante cinco, seis anos da minha vida. Era tudo que eu fazia. Eu jogava. Eu me alegrava mais em ser um personagem de jogo, me preocupava mais em subir de nível e com o que o meu personagem tinha do que com o meu caráter na vida real. Quando eu tinha 18 anos, meus pais me fizeram tirar a carta de motorista porque eu nem queria dirigir. Eu queria sentar em casa, naquele computador, jogando o dia todo. Esse era o meu deus, meu ídolo, e andava lado a lado com a pornografia na internet por causa daquele computador – eu estava lá, literalmente no meu coração, me prostrando e adorando aquilo como meu deus. E quer saber? Eu olho pra trás agora e eu vejo, cara, eu era um tolo. Eu ganharia aquilo e perderia minha alma eternamente.
Bem, por volta dos 18 anos, eu realmente odiava o pecado da pornografia – quer dizer, a vergonha, a culpa que causava na minha vida – isso me fazia sentir miserável. Eu chorava prostrado clamando a Deus, dizendo, “Deus, eu não vou fazer isso nunca mais.” Mas logo acabava voltando. Eu era consumido, controlado por isso. Os impulsos que vinham sobre mim para perseguir o pecado – bem, eles absolutamente me controlavam e eu estava me esforçando de verdade para me libertar. Eu lembro de fazer cursos, comprar filtros de internet. E aos 18 anos, eu tinha o fardo de ter postado um testemunho, porque eu estava livre da pornografia por talvez uns 30 dias e eu coloquei um testemunho em áudio num vídeo no YouTube – isso foi uns 3 anos antes de Deus me salvar, 3 anos antes de eu começar o illbehonest.com, eu lembro de ter colocado lá, e começar a cair naquele pecado de novo. Eu deletei o vídeo – eu tirei da internet. E continuei tentando buscar libertação da pornografia.
Aqui está algo que quero enfatizar – é tão importante – meu deus era a liberdade – meu deus não era Cristo. Eu estava buscando liberdade, ao invés de buscar Cristo. A razão pela qual eu iria para o inferno era obviamente o pecado, mas o meu grande ídolo era liberdade. Eu queria tanto ser livre da pornografia, livre da masturbação. Eu queria tirá-las da minha vida. Eu me lembro de estar num relacionamento e pensar, “Bem, se eu me casar com ela, como eu poderia viver comigo mesmo, sendo casado e ainda vendo pornografia? Eu pensava, “eu não quero estar numa situação assim”. Eu tinha tanto desse pesar mundano, como II Coríntios 7:10 diz, isso estava motivando a minha busca por libertação. Não era Cristo. Eu não tinha visto a cruz como preciosa de modo algum. Eu estava completamente enganado.
Outro lugar em que eu encontrava falsa segurança era em Romanos 7. Paulo diz que fazia as coisas que ele não queria fazer. E eu lembro de outras pessoas na minha vida, até pastores de jovens, e outras pessoas – eles me davam segurança de que eu era salvo por causa do que Paulo disse em Romanos 7. E eu posso olhar pra trás agora e entender que Paulo falava de quando ele era um fariseu. Claro que Paulo queria ser livre desses pecados, porque a perfeição dele era em buscar cumprir a lei – era uma salvação por obras, e no fim ele diz, “quem me salvará deste corpo de morte?” E é Cristo. E quando você chega em Romanos 8:13, você vê que é pelo Espírito que mortificamos as obras da carne, e se não o fizermos, morreremos. Eu lembro de que com o passar dos anos, eu lia Mateus 5:30 sobre como se o seu olho direito lhe faz pecar, você deveria arrancá-lo, ou cortar o braço fora, ou você iria para o inferno. Sabe o que é mais louco? Eu e todos os meus amigos líamos essa passagem, e pensávamos “não pode significar isso que significa, porque se for, quer dizer que vamos pro inferno.” Mas nós éramos “cristãos” – nós fizemos a oração. Nós cremos em Jesus, nós vamos à igreja. Então nós pegávamos aquele texto e dizíamos, não pode significar – sabe, se você olhar I Coríntios 6:9  diz, “não vos enganeis, os sexualmente imorais NÃO herdarão o reino de Deus” e eu me lembro que pensava, isso não pode significar o que significa, porque então quer dizer que eu vou pro inferno, que dizer que eu não vou herdar o reino de Deus. E o problema é que eu olhava para os meus amigos, e a maioria deles parecia ser igual a mim. Então eu pensava, “bom, eles são todos cristãos, eu sou cristão”, e eu não estava olhando para este padrão, este Livro, esta Bíblia.
Então o meu apelo para vocês aqui hoje é – Olhem para este livro, olhem para a Bíblia – a sua vida está alinhada com ela? Você nasceu de novo verdadeiramente, e foi salvo? Você foi regenerado? Sabe, regeneração, em Ezequiel 36, diz que as terras desoladas, outrora arrasadas e desertas agora serão como o jardim do Éden. Deus chega e então diz “Eu tirarei o coração de pedra e lhes darei um coração de carne, Eu lhes darei um espírito novo e farei com que vocês obedeçam e andem nos meus estatutos” (36:27). Eis então: isso não era realidade na minha vida. Aos 21, eu achava que era salvo – eu era perdido. Eu comecei a ir a um estudo bíblico uma noite. E comecei a ter interesse na Palavra de Deus. Eu comecei a conversar com os caras da igreja sobre como “Nós temos que ser libertos da pornografia e da masturbação – o que será necessário?” Sabe, todos nós tínhamos Safe Eyes, tínhamos os filtros de internet, fizemos os cursos de 60 dias. Nada estava funcionando. Bem, não éramos salvos. Por isso não estava funcionando. Eu fui pra casa e eu lembro de ter entrado na sala de estar e a minha família, infelizmente, estava assistindo um programa de TV – Deal or no Deal, que tem umas super-modelos, e eu olhei por um segundo e eu vi uma modelo e todos esses pensamentos de luxúria invadiram a minha mente e eu fui pro meu quarto. Sentado no meu quarto, eu só senti a luxúria me dominar, os pensamentos – eu não conseguia levá-los cativos. Eu olho pra trás agora e percebo que eu não tinha o Espírito de Deus em mim. Eu ia abrir o meu browser para ver pornografia, ao invés disso, eu chequei o meu facebook – e alguém que tinha ido ao estudo bíblico naquela noite, com quem eu nunca tinha falado, me mandou uma mensagem dizendo “James,” ele só listou coisas positivas como  “é incrível o que Deus fez na sua vida” e assim por diante – eu fiquei sentado lá e percebi que Deus não tinha feito nada na minha vida. Tinha sido tudo esforço de James Jennings. Eu tinha me esforçado tanto pra limpar o lado de fora do copo, e ainda assim eu não não tinha o novo coração de Deus. Eu não tinha nascido de novo.
Eu posso me lembrar que naquela noite eu clamei a Deus e Ele me salvou. Eu finalmente desisti da minha salvação por obras. Eu lembro que era tão fácil dizer que eu era salvo somente pela fé em Cristo, e mesmo assim tentar uma salvação por obras, tentando merecer minha aceitação perante Deus pela minha libertação. Eu falava o tempo todo da minha libertação da pornografia quando eu estava perdido, porque esse era o meu deus. E agora, sabe, ter a preciosidade de Cristo – saber que Ele se fez pecado por mim e que Ele sofreu sob a ira de Deus. Deus imolou o Seu único Filho na cruz pelos meus pecados pessoalmente. Isso é simplesmente incrível, é maravilhoso. Eu não tinha percebido que tinha sido salvo aquela noite. Eu estava livre da pornografia e da masturbação. Eu não era mais escravo disso. Contudo, meses depois eu entendi a doutrina da regeneração, o que significava nascer de novo, eu percebi, “Uau – Eu não era salvo aos 6 anos.”
Sabe, eu vejo tantas pessoas pelo illbehonest.com, talvez alguém que tem 50 anos, e ele diz “Bem, eu sou salvo desde os 6 anos – e sou escravo da pornografia há 40 anos da minha vida, e eu sou cristão”, e eu dizia a mesma coisa. Meu amigo, você não é cristão – eu não era cristão. Romanos 6:18 diz, “fomos libertos do pecado e nos tornamos escravos da justiça.” II Coríntios 5:17 diz “Se você está em Cristo, você é uma nova criatura. As coisas velhas já passaram eis que tudo se fez novo”. E você sabe por quê? Está escrito no verso 18, “tudo isso vem de Deus.” E isso é o que aconteceu naquela noite – o Deus vivo – eu uso essa analogia – O Deus vivo invadiu a minha vida. Eu tinha os navios de batalha do Espírito de Deus, eles atracaram ao lado da minha pequena fortaleza de pecado e descarregaram com força total sobre a minha pequena fortaleza e a demoliram. Isso aconteceu há 3 anos e Deus fez esse trabalho radical. E desde então, quer saber? Existem minas por toda a minha volta e cada passo conta. Eu tomo um passo errado, e sabe, assim como Davi, quando ele deu um passo errado errado e caiu em adultério e caiu em assassinato, os cristãos caem sim, nós não somos perfeitos. Mas eu te digo, eu não sou o que eu era antes. Eu sou um escravo de Cristo. É a minha maior alegria alegria servi-Lo. Ele é o meu mestre.
Eu mal posso acreditar que por 21 anos o meu mestre foi o computador. Isso é simplesmente idiota. É incrível. Ainda assim, Deus teve misericórdia de mim. Ele se preocupa comigo – um cão morto. E o Senhor disciplina aqueles a quem Ele ama, como Hebreus 12 diz. Ele vem com uma vara e Ele nos quebrará de nós mesmos, nos mostrará que não podemos nos apoiar em nós mesmos. A raiz de tudo é uma questão de coração. A razão pela qual eu ia atrás de pornografia é que eu era egoísta e a razão de eu usar, de ter havido um ponto, em que o Illbehonest era um ministério do qual eu tirava minha alegria através do meu desempenho. Veja bem, você pode transformar qualquer coisa num deus. Você pode fazer da libertação de um pecado sexual um deus. Você pode tornar qualquer coisa em um deus – e era isso que eu tinha feito.
Então eu desafio vocês – examinem os seus corações, porque tudo é uma questão de coração, tudo sempre volta para o coração. E é tão importante entender isso. Porque nós devemos buscar o Senhor, como eu ouvi o irmão Bob dizer, sem mais nenhum laço com o mundo. Tudo fora do caminho. Espero que isto tenha encorajado vocês. Maravilha a minha mente o fato de Deus ter me salvado e permitido que eu começasse o Illbehonest.com e permitido que não fosse um desastre. Eu estava entrando em tanta heresia – eu lembro de quando eu fui salvo, eu estava entrando nessa coisa de igreja emergente. Eu agradeço a Deus porque Ele foi fiel a mim e me trouxe de volta para este Livro, me guiou para longe dos homens e para perto de Deus. E isso é – Deus seja louvado por isso. O Senhor me salvou de perseguir libertação ao invés de Cristo.
Por 18 anos da minha vida eu estava totalmente endurecido para toda a verdade e adormecido na igreja. Uma vez que eu fui iluminado e soube que precisava de libertação, eu persegui libertação e não Cristo. Se o Filho lhe libertar, verdadeiramente você será livre. Mas é o Filho que liberta você. Isso não vem de você mesmo. Nós devemos desistir do nosso próprio poder. Jeremias 17:5 diz “Maldito o homem que faz da carne a sua força, mas (7) bendito é o homem que confia no Senhor.” Eu confio no Senhor para continuar a me santificar, me quebrantar. Eu mal posso acreditar no trabalho que Deus fez nos últimos 2 anos para me quebrar de mim mesmo. Quando eu fui salvo, eu senti como se não tivesse luta nenhuma. E o Senhor me mostrou, James, você tem uma questão de coração aqui, uma questão de coração ali, e coisas que eu nunca pensei que fossem pecados, o Senhor foi me mostrando e, sabe, aqueles que perseverarem até o fim serão salvos. (Mateus 24:13), aqueles que perseverarem num relacionamento de amor com Jesus Cristo – e Ele é tão digno disso, então busque-O com todo o seu coração, a sua alma e a sua mente. Não desperdice a sua vida – se o Senhor pôde me salvar, alguém que jogava vídeo-games por horas por dia, um escravo de pornografia, eu era tão tímido que eu não falava com ninguém – eu até falava pela internet, conversava com áudio, mas pessoalmente eu colocava uma máscara e vivia uma vida totalmente falsa. Se Deus pôde me salvar e então me usar para começar um website como o illbehonest.com e me usar para fazer qualquer coisa que seja, é simplesmente a graça de Deus. Eu não tenho crédito nenhum por nada do que aconteceu. Tudo volta para Ele.
Eu só quero encorajar vocês. Essa é a única vida que vocês tem. Nunca mais vamos viver de novo. Essa vida vai terminar em um momento. Amanhã não é garantido. Nós não sabemos a hora da volta do Senhor. É um vapor, está passando tão rápido – a cascata do final da sua vida virá tão depressa e esteja pronto para a queda – a queda para a eternidade. Eu não tenho medo algum da morte. Quero dizer, “Morte, onde está o seu aguilhão?” Eu tenho o sangue de Cristo sobre a minha vida! Eu não temo a morte, eu temo a Deus. Eu preciso de mais temor do Senhor, de verdade. E eu oro pra que pela graça de Deus nada disto tenha sido feito na carne. E que edifique e encoraje, e sabe, eu sou só um verme e um cão morto. Eu não sou nada. E eu não digo isso porque eu sei que devo, eu digo isso porque é verdade. Então, por favor, ouça, se você está brincando com pornografia, se você ainda está sob pecados sexuais, se você está caindo em masturbação, mortifique essas coisas pelo Espírito! E se não está mortificando, pergunte-se, você tem o Espírito? Não despreze Mateus 5:30. Se faz você pecar – vai lhe arrastar pro inferno. E alguns de vocês podem estar livres dessas coisas, e vocês tem alguma liberdade, mas o seu deus é a liberdade e não Cristo, e isso vai levá-los para o inferno. No que você está se gloriando? No que eu estou me gloriando? Numa coisa – que Aquele que não conheceu pecado, se tornou pecado por mim. – Que Nele eu posso ser reconciliado com Deus. (2 Coríntios 5:21) Eu sou apresentável perante Deus por uma razão – o sangue de Cristo. O sangue Dele cobre a minha dívida inteiramente, e Ele morreu no meu lugar, para me lavar de todo ato de injustiça, para purificar para Si mesmo um povo zeloso de fazer boas obras.(Tito 2:14) Eu estou tentando fazer isso. Eu preciso da ajuda do Senhor. Eu falhei com Ele de tantas formas, mas eu lhe digo isso – eu sempre volto para Ele e nisso é que está a esperança. Meus olhos estão continuamente no Senhor (Salmo 25:15) – Ele livrará os meus pés da rede. Então, louvado seja Deus.
Então, seja encorajado, novamente. E Senhor, ajuda-nos a correr. Como C.T. Studd disse – “tudo logo passará, e só o que foi feito por Cristo ficará.” “e alguns querem estar dentro de uma milha de um sino de capela, mas eu quero comandar um barco de resgate a uma jarda do inferno.” E a Grace House (Casa da Graça) e o I’ll Be Honest, eu acho que são o meu barco de resgate por enquanto. A coisa principal da qual eu preciso ser salvo é de mim mesmo. Todo dia. Oh Senhor, mata-me, crucifica-me, tira tudo que vem de mim. Que seja tudo para Cristo e Sua glória. E assim, prossigamos – Como em Oséias 6:3 diz, “Conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor.” Assim, Amém.

Por: James Jennings
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...