terça-feira, 5 de agosto de 2014

5 passos para integrar a teologia no seu ministério

1) Impregne a sua pregação e as suas conversas com verdades bíblicas.
Se, como Paulo diz, aquelas histórias do Antigo Testamento nos foram dadas como exemplos, então devemos usá-las dessa maneira. Quando estiver falando com diáconos, presbíteros, estudantes ou qualquer grupo na igreja, aprenda a trabalhar em narrativas bíblicas e mostrar como elas se aplicam às decisões diárias da vida.
2) Aborde as situações sobre as quais todos estão falando.
Não se prenda ao seu plano de pregações, em nome de ser fiel, tão rigidamente que acabe falhando em declarar a verdade em acontecimentos significativos que chocam ou afetam as sensibilidades da sua congregação. A morte de um adolescente local, o fechamento da maior empresa empregadora da cidade ou uma tragédia nacional do tipo 11 de setembro, exigem respostas bíblicas para as perguntas nas mentes de todos. Mostre a eles como a Palavra de Deus aborda esse tipo de acontecimento e como o evangelho é a necessidade última.
3) Faça-os se apaixonarem por Jesus.
Estar no ministério significa aprender a viver com a frustração das pessoas. Às vezes você genuinamente as desapontará por causa dos seus defeitos e falhas, e às vezes elas terão expectativas irrealistas. Se você construir o seu ministério sobre si mesmo e as suas habilidades, essa desilução — tanto a sua quanto a deles — será traumatizante. Se, por outro lado, você mostrar a elas que Jesus é o único nunca desaponta, que a nossa esperança está nele e que somente ele é o nosso padrão e a nossa força, portanto, então a esperança delas repousa somente sobre Cristo. Fale constantemente sobre Jesus, sobre os seus atributos e sobre a sua graça e verdade. Nós vemos mais da glória de Deus em Cristo do que Moisés jamais viu no Sinai. Jesus é encantador e é nosso.
4) Gire em torno do evangelho.
Assim como toda a Escritura, em última análise, trata de Cristo, isso também é verdade com relação à vida e ao conhecimento. O ministério é normalmente feito no contexto do sofrimento, da tragédia, do pecado e dos efeitos do pecado. Em cada uma dessas situações, conforte os feridos com as tranquilizantes palavras da genuína afeição pastoral, mas encontre uma maneira de se voltar para como o evangelho aborda esse tipo de situação com redenção, salvação, perdão e ressurreição.
5) Permaneça lá.
Se você quer que uma igreja seja impregnada pela verdade, então permaneça lá e caminhe pela vida com ela. Leva tempo para lançar o fundamento, e mais tempo para construir a superestrutura. Plante a sua vida. Mostre às pessoas como se parece um casamento e uma família centrados no evangelho. Pregue a Palavra — ambos os testamentos, lei e evangelho, todos os gêneros, criação, queda, anseio, cumprimento, consumação. Elas não assimilarão esse entendimento estratégico das Escrituras de seis pastores consecutivos, mas podem fazê-lo através de um que permaneça e viva a vida em comunidade com elas.
Por: Hershael York; Original: 5 moves to integrate theology into your ministry; Copyright © The Southern Baptist Theological Seminary; Website: www.sbts.edu.
Tradução: Alan Cristie; Original: 5 passos para integrar a  teologia no seu ministério; Copyright © Voltemos ao Evangelho; Website: VoltemosAoEvangelho.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...