sábado, 4 de abril de 2015

Cremos e Confessamos

Proposições da Fé Reformada

I. Das Escrituras Sagradas
1. É a Palavra de Deus; 
2. É a especial revelação de Deus; 
3. É uma revelação histórico-progressiva; 
4. É cessada a transmissão desta revelação especial; 
5. É inspirada verbal, plenária e organicamente pelo Espírito; 
6. É dada através de homens escolhidos e capacitados; 
7. É inerrante em cada uma das suas declarações; 
8. É claramente inteligível a todos; 
9. É iluminada pelo Espírito para o nosso entendimento espiritual; 
10. É completo o seu conteúdo; 
11. É suficiente para a nossa salvação; 
12. É pública, ou seja, todos têm direito ao livre exame; 
13. É necessário traduzi-la em língua vernáculo; 
14. É autoridade final em toda discussão; 
15. É a nossa única fonte e regra de fé e prática. 
II. De Deus
1. É um só Deus em três Pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo; 
2. É perfeito, imutável, independente, infinito, eterno; 
3. É pessoal em toda relação com a Sua criação; 
4. É santo, bondoso, sábio, justo, verdadeiro em Seu Ser; 
5. É possível conhecê-lo suficientemente; 
6. É impossível compreendê-lo exaustivamente; 
7. É criador de todas as coisas em seu estado de perfeição; 
8. É providente em todas as Suas obras; 
9. É absolutamente soberano sobre tudo e todos. 
III. Do Homem
1. É criado à imagem de Deus; 
2. É constituído de corpo e alma; 
3. É ordenado a formar uma família: homem e mulher; 
4. É decaído em pecado;5. É escravo do pecado e perdeu o seu livre-arbítrio; 
6. É sofredor das conseqüências do seu pecado; 
7. É incapaz de se salvar, ou de preparar-se para isso; 
8. É maldito e condenado por causa do seu pecado; 
9. É imputado o seu pecado sobre toda a sua descendência; 
10. É uma única família em várias raças. 
IV. De Jesus Cristo
1. É Deus-homem; 
2. É verdadeiro Deus em todos os Seus atributos; 
3. É verdadeiro homem em toda a Sua constituição; 
4. É encarnado da virgem Maria por obra sobrenatural do Espírito; 
5. É impecável, todavia, podia ser tentado; 
6. É nosso único representante diante de Deus; 
7. É nosso Mediador na Nova Aliança; 
8. É o prometido Profeta que nos traz a Palavra do Pai; 
9. É o perfeito Sacerdote que intercede por nós; 
10. É o soberano Rei que inaugura o Reino de Deus sobre nós;
11. É nosso suficiente e definitivo sacrifício;
12. É intercessor eficaz à destra do Pai; 
13. É esperado o seu retorno físico num futuro não revelado.
V. Da Salvação
1. É planejada na eternidade; 
2. É garantida pela graciosa e livre eleição de Deus; 
3. É baseada na obra expiatória de Cristo; 
4. É aplicada em nós pelo Espírito Santo; 
5. É iniciada em nós na regeneração; 
6. É proclamada pelo sincero chamado do evangelho; 
7. É evidenciada pela fé e arrependimento;8. É declarada na justificação; 
9. É familiarizada na adoção; 
10. É comprovada pela santificação; 
11. É continuada pela preservação na poderosa graça; 
12. É consumada na glorificação, após o juízo final.
VI. Do Espírito Santo
1. É verdadeiro Deus em todos os Seus atributos; 
2. É o consolador prometido procedente do Pai e do Filho; 
3. É testemunha da obra de Cristo por nós; 
4. É aquele que internaliza a obra da salvação em nós; 
5. É quem convence-nos do pecado, da justiça e do juízo; 
6. É o penhor e selo de nossa salvação; 
7. É quem frutifica as virtudes da santificação; 
8. É comunicador de nossos dons; 
9. É agente que torna real nossa comunhão com toda a Igreja.
VII. Da Igreja
1. É o glorioso corpo de Cristo; 
2. É composta de todos os eleitos de Deus; 
3. É visível pela confissão pública de fé em Cristo; 
4. É una, santa e universal; 
5. É pura pela fiel pregação da Palavra de Deus; 
6. É confirmada pura pelo correto exercício dos Sacramentos; 
7. É purificada pela justa aplicação da Disciplina; 
8. É testemunha da glória de Deus; 
9. É comunicadora do Evangelho da salvação; 
10. É serva num mundo corrompido pelo pecado; 
11. É adoradora do soberano Deus Trino.
VIII. Das Últimas Coisas
1. É inaugurado, mas não consumado (já-ainda-não) o Reino de Deus; 
2. É pessoal na sua realização; 
3. É universal em sua extensão; 
4. É esperado o retorno físico de Cristo Jesus; 
5. É verdadeira a promessa da ressurreição final; 
6. É absolutamente certa a vitória sobre o mal e seus agentes; 
7. É inevitável o julgamento de todos os homens; 
8. É real o lugar de punição eterna que os condenados sofrerão; 
9. É ansiada a restauração de toda a criação; 
10. É a consumação final de toda obra da providência; 
11. É gracioso o galardão que os salvos receberão; 
12. É eterna a habitação com Deus e o Seu povo escolhido.
_________________
Por Ewerton Barcelos Tokashiki

Fonte: Monergismo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...