sábado, 4 de abril de 2015

Doutrina e experiência

Martyn Lloyd-Jones tinha três convicções gerais sobre o relacionamento da doutrina com a experiência:
  • A primeira é que “o verdadeiro cristianismo é experimental”. A verdadeira vida cristã tem como principal marca o contato vivo com o Deus que existe objetivamente. A fé cristã não chama o homem apenas para pensar ou viver em retidão, mas para experimentar o amor e a presença de Deus do modo real. 
  • A segunda convicção tem relação com o fato de que sem a doutrina o crente não tem como avaliar com exatidão suas experiências espirituais. Essas podem ser psicológicas ou até mesmo satânicas. O que o ajudará a saber se sua experiência foi autêntica ou não será a Escritura Sagrada. Toda experiência espiritual verdadeira tem que se dar nos termos da Palavra de Deus.
  • A terceira convicção geral é que o conhecimento teológico, além do que foi dito acima gera a expectativa de um encontro existencial com Deus, deve conduzir o crente ao conhecimento experimental de Deus. A doutrina deve remeter o crente às experiências vivas com Deus. 
______________
Fonte: livro Dimensões da Espiritualidade Reformada 
Onde adquirir: Editora Primícias
Por: Antonio Carlos Costa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...