sábado, 30 de maio de 2015

As dimensões do ensino de uma doutrina

John Brown de Haddington asseverou que a “doutrina legítima da reprovação, bem como da eleição de pessoas, deve ser ensinada na igreja com grande prudência e santa reverencia”. 

Suas razões para agir assim são como seguem:
1-Tem-se provado que o Espírito Santo a ensinou claramente em Sua Palavra. 
2-Cada coisa ensinada na Escritura, usada legitimamente, tende a promover a santidade dos homens, no coração e na vida. 
3-A eleição e a reprovação, sendo assim estritamente relacionadas e contrastadas, a primeira não pode ser ensinada nem recebida separadamente da segunda. 
4-Em Sua providência, a qual toda pessoa deve observar, Deus traslada de Seu decreto de reprovação, na vida e na morte dos perversos. 
5-Um conhecimento prospecto deste decreto promove conceitos retos e reverentes da soberania, poder, sabedoria, justiça e bondade de Deus. 
6-A doutrina da reprovação, se devidamente ensinada, tende a alarmar os perversos e despertar suas consciências com mais facilidade, até que obtenham a evidência própria de que não estão incluídos nela, e fazer com que seu pecado lhes pareça terrível; e ela incita os santos a um autoexame e a vivida gratidão a Deus, seu Redentor, em um curso de santidade evangélica.
_____________
Fonte: livro Espiritualidade Reformada. Onde adquirir: Editora Fiel
Por Joel Beeke
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...