quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Cristianismo incomparável entre as religiões

O Cristianismo é incomparável no sentido de que é absolutamente exclusivo. Deus fez apenas um caminho para encontrar favor perante Ele, e Ele não irá tolerar rivais. Jesus disse: “Eu sou o caminho.” Ele não disse “um caminho”.

O Cristianismo é incomparável no sentido de que suas bençãos são absolutamente gratuitas. Todas as outras religiões ensinam alguma forma de salvação através de obras, méritos, ou fidelidade. O Cristianismo ensina a salvação pela graça; é um dom (Efésios 2:8,9). Você recebe o seu troféu no início da corrida.

O Cristianismo é incomparável no sentido de que oferece um Salvador (Mateus 1:21). Todos os demais líderes religiosos são meros exemplos ou professores, agora mortos em seus túmulos. Cristo morreu para salvar aquele que crê de sua dívida do pecado. Cristo ressuscitou e vive no coração daquele que crê para salvá-lo do poder do pecado. Ele invade, liberta e transforma o crente (2 Coríntios 5:17).

O Cristianismo é incomparável no sentido de que é uma economia justa (Romanos 3:26). Todas as outras religiões ensinam que os fracassos de seus adoradores são meramente perdoados; que seus pecados serão “varridos para debaixo do tapete.” Mas através de Cristo, a punição pelo pecado (morte) é verdadeiramente paga; Jesus morreu no lugar daquele que crê e assim a justiça divina é satisfeita. A justiça, então, exige que o criminoso seja livre, livre para sempre.

O Cristianismo é incomparável no sentido de que os Cristãos têm um Deus que os ama enquanto que adoradores de outros deuses vivem debaixo do medo. Nosso Deus “amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” para satisfazer Sua própria justiça, aplacar Sua própria ira e reconciliar Seus inimigos maldosos. O pecador é transformado em filho amado.

O Cristianismo é incomparável no sentido de que tem as piores notícias para o homem – tormento eterno para aqueles que não se arrependerem (Mateus 25:46). Mas também tem as melhores notícias para o homem – vida eterna e felicidade perfeita para os que se arrependem. O que a Bíblia diz sobre a vida futura – a glória, a honra, a paz e o privilegio dos céus – é além da imaginação.

Portanto é obrigatório deixar tudo por Cristo para ter tudo em Cristo. O orgulho em todas as suas variações – a vontade própria, a glorificação própria, a autopreservação, etc. – deve ser renunciado por uma vida de obediência ao Rei Jesus (Lucas 9:23). Não seja um tolo e nem perca tudo isso.
________________
Por Bob Jennings
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...