sexta-feira, 23 de outubro de 2015

William Gurnall sobre “cristãos” que mudam as suas "convicções" de acordo com a moda do dia.

William Gurnall (1617-1679) está falando sobre o cinto da verdade ( Efésios 6.14) e a necessidade de trabalhar duro para estarmos bem fundamentados na Verdade. Em seguida, ele diz o seguinte:
... Duro será o castigo e juízo sobre a inconstância, falta de estabilidade e estranha falta de habilidade de julgar biblicamente o erro que muitos que se dizem cristão tem nesta era inconstante. 
As Verdades bíblicas na mente de muitos “mestres” ditos cristãos, não são estrelas fixas no céu, são como meteoros que dançam no espaço - elas não são como caracteres gravados no mármore, mas como coisas escritas na areia, que todo e qualquer vento e leve sopro humano ocioso seduz e desfigura. Muitos desses “mestres” entretêm opiniões, como alguns entretêm pretendentes, namorados... não que eles desejem se casar, mas brincam com esse pretendente hoje, abandonam quando é conveniente e brincam com outro... falam apaixonadamente quando começam a flertar... logo depois, tudo se foi. Para esses “mestres”, a verdade é apenas um flerte. 
Nunca houve uma época mais tonta e inconstante do que a nossa. O que é dito como se fosse a verdade hoje (por não expressar realmente a Palavra de Deus e sim essa geração corrupta), logo é mudado. Esses homens que se dizem “mestres”, deviam ver a pintura deles com as “roupas” que vestiam há pouco tempo atrás... e dificilmente se reconheceriam em seus trajes do presente. Essa é a realidade do que dizem ser a “verdade” agora – eles pregam um “deus” prodigamente mutável. 
Veja o que esses “mestres” estão pregando hoje, espere um pouco pelas mudanças da sociedade fútil em que vivemos, e logo todas as mudanças estarão na pregação deles. Não é nem que eles abandonarão o evangelho – isso eles já fizeram – mas nem o erro que eles pregam hoje satisfará eles amanhã. 
Chegaram a um ponto de completa idiossincrasia. O velho que eles abandonam agora, já é uma deturpação da Verdade – por causa de suas muitas mutações – eles tem um fundamento tão fraco para suas afirmações, que o chão do assoalho debaixo dos pés deles, mal resiste a uma temporada e tudo vai abaixo e um novo assoalho diferente é posto no lugar ao gosto das mudanças da sociedade. 
Se os pagãos, que não glorificaram a Deus com a luz da natureza que tinham, a revelação geral de Deus no mundo e em suas consciências - não foram poupados da ira de Deus – e foram entregues a corrupção de seus corações para fazerem tudo o que é imoral e inconveniente... colhendo em si mesmos os frutos da corrupção e do total juízo de Deus – como os que desonram a Deus - como esta geração de homens, mulheres e mestres que se dizem cristãos – que desonram a Deus a luz de toda e clara revelação bíblica estarão diante de Deus um dia? Eles abraçam um labirinto de erros, e dizem ousadamente ser a nova verdade. Mas não por muito tempo.
[William Gurnall and John Campbell, The Christian in Complete Armour (London: Thomas Tegg, 1845).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...