domingo, 6 de novembro de 2016

5 Solas: Sola Gratia, Sola Fide.

Sola Gratia, Sola Fide.

Continuando a série de 5 artigos sobre as Solas da Reforma: Somente a Graça Somente a fé.

Os que confiam em si mesmo para a salvação de suas almas, são como loucos que pensam que um simples barquinho de papel pode suportar uma tempestade furiosa no meio do mar. No homem não existe nada que o capacite a levantar-se diante de Deus no último dia e dizer que a sua salvação é inteiramente por causa de seus méritos alcançados aqui nesta terra. A parcela do homem em sua salvação é menos do que o nada. A salvação nunca é merecida. Ela não depende da capacidade do pensamento do ser humano, muito menos de sua bondade ou carisma. Ela é exclusivamente pela graça, mediante a fé. Aqueles que são salvos em Cristo Jesus podem se alegrar de que Deus em sua misericórdia disponibilizou tudo o que é necessário para salvação. O conteúdo do evangelho( nascimento, vida, morte, ressurreição, ascensão, segunda vinda e eternidade) e a confiança no mesmo( ato de crer nas verdades reveladas nas Escrituras devido a capacitação do Espírito Santo) são dádivas que vem do eterno Deus.

O conteúdo do Evangelho essencialmente diz a respeito do amor de Deus que enviou seu Filho para nascer da virgem Maria, viver uma vida de santidade e retidão, ter um ministério publico, ser rejeitado pelo seu próprio povo, sofrer nas mãos de pecadores, ser morto e ressuscitar ao terceiro dia. Revela também que um dia Ele voltará e julgará vivos e mortos, levando para o teu Reino seus escolhidos e lançará no lago de fogo os que se mantiveram rebeldes até o fim. Mostra como Deus o Pai em sua infinita sabedoria determinou o plano da salvação, o Filho veio e cumpriu os propósitos do Pai e ambos, Pai e Filho, enviaram o Espirito Santo para regenerar o coração dos pecadores, para que esses possam crer no sacrifício de Jesus Cristo e terem a vida eterna (Jo 17.3; Ef 1.3-23).

A fé é também o meio pelo qual recebemos todos os benefícios que Cristo nos proporcionou mediante sua vida perfeita aqui na terra, sua morte e ressurreição, ascensão e seu reinado junto ao Pai . Fé é a declaração pessoal de que somos pecadores e somente aquilo que Jesus fez pode nos libertar das consequências do pecado aqui e no futuro. Fé é uma dom, um presente gracioso que Deus nos dá.

Vivemos em um cenário religioso que tem seu foco inteiramente voltado para as obras realizadas pelos homens como sendo a base de sua salvação. Nos púlpitos pregações que deturpam o sentido verdadeiro do Evangelho ganham destaque e sacrifícios são requeridos para que o pecador possa ser aceito. Está sendo ensinado de que a salvação é conquistada pela força ( atitudes realizadas), por merecimento (bondade inerente ao homem) e por pagamentos de determinados valores para recebimento de bençãos.

Não!não devemos jamais compactuar com tais declarações. Do início ao fim somente a fé e necessária para a salvação. Fé essa que nos é dada por Deus ( Ef 2.8-9). Conteúdo e e confiança que nos foi dado por livre, soberano e gracioso amor. Temos a revelação da Escritura e a capacitação de crer nelas devido a graça imerecida que vem do Deus triuno.

Um dos alicerces da Reforma era de que somente a Fé é o instrumento pelo qual somos salvos. O gracioso Deus que nos escolheu e nos salvou é agora o mesmo que nos capacita em crer em tudo o que Ele fez em nosso resgate. Que nossos corações possam se encher de alegria e glorifica-Lo por tudo isso. 

Autor: Wellington Leite da Silva
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...