quinta-feira, 23 de março de 2017

Fuja do alcance dos laços da morte

As Escrituras sempre devem ser a nossa regra de fé e prática, mas nos dias de hoje o ato de praticar o que a Bíblia ensina está sendo deixado cada vez mais de lado. Uma verdade bíblica que tem perdido sua força no círculo evangélico é resistir, fugir e não dar ouvidos a mulher adúltera. Os conceitos de tal ideia estão presentes em nossa mente, mas não tem sido levado a prática constante. O livro de provérbios nos revela no capítulo 5 e 7 qual é a consequência de não praticar os ensinos da Palavra de Deus quando nos deparamos com a mulher promiscua. 

Com palavras bem escolhidas, para um ouvido que não tem juízo (7.7) ela seduz e leva a armadilha mortal de sua cama os que caem em palavras que são doces, mas que tem veneno em seu conteúdo ( Pv 5.2-4). A mulher adúltera pode ter uma aparência piedosa (7.14), mas tem coração de demônio, louco para levar a sepultura os que por ela se apaixonam e ouvem sua bela, porém, danosa argumentação.

O autor de Provérbios nos adverte a escutar seu conselho ( Pv 5.1; Pv 7.1-5) de nos apegarmos a sabedoria e fugir de qualquer encontro e diálogo com tal mulher. O que ele nos chama é a um compromisso radical de escutar somente a voz da Palavra e rejeitar qualquer outra que se coloque contra a verdade Divina. Devemos colocar esses ensinamentos na prática, visto que por onde quer que andemos sempre nos depararemos com mulheres adúlteras. 

Para ilustrar o que quero dizer, basta um boa leitura de Gênesis 39 e a história de José e a mulher de Potifar. Sei que Gênesis vem antes de Provérbios, mas a verdade de Deus guiou aquele jovem rapaz a dizer “não” à mulher adúltera. Ele preferiu arcar com a consequência de ser fiel a Deus, do que com minutos de prazer que o levaria a pecar contra Deus. Sendo assim, temos o relato de José para nos fortalecer, dizendo que sim, é possível não cair na armadilha de palavras sedutoras, mas somente na medida que tememos o Senhor e sua Palavra. Caso se depare com alguma mulher dessa estirpe, peço meu irmão, encrave em seu coração em Provérbios 5 e 7, e como José fuja de tal mulher. . Deus jamais lhe dará algo que não possa suportar ( 1 Co 10.13). Na luta contra esse pecado a Palavra de Deus deve ser nossa espada e escudo. Irmãos, que possamos colocar em prática aquilo que ela nos chama a realizar, que o Eterno nos ajude. 

Autor: Wellington Leite

Soli deo Gloria
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...