sábado, 8 de abril de 2017

Mansidão em todos os lugares

Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.

As redes sociais têm causado muito destempero, arrogância, sarcasmo e um tom de acidez intelectual. Claro! Não são todas pessoas com essa postura, mas podemos dizer que é a maioria. As pessoas hoje escondem-se atrás de um computador para escrever os maiores impropérios sobre determinados assuntos que elas acham relevantes.

Em contra partida, há pessoas equilibradas para dialogar sem partir para ofensas pessoais ou acusações desesperadas, tendo boa vontade para ouvir o outro lado sem acusar caricaturas que não condizem com a realidade do pensamento. É preciso ter mansidão e bom senso para discernir o ambiente a tratar assuntos importantes e tão sérios como política, teologia, filosofia etc.

Dentro desta ótica, as redes sociais são hoje o reflexo da realidade do ser humano. Sem o equilíbrio e a dose correta estas atitudes podem causar muitas dificuldades principalmente nos relacionamentos. Uma ferramenta muito útil como as redes sociais, podendo ser usada para glória de Deus, precisa ser entendia como o início de um diálogo e não o fim deste. Infelizmente o que tem acontecido é exatamente o oposto. O clima de torcida de futebol entre as áreas teológicas, filosóficas e políticas, por exemplo, por mais que pareça excitante para alguns, isso pode refletir de alguma forma o resultado de uma postura egocêntrica midiática. A busca de popularidade e o deslumbramento dos likes em sua página pessoal pode não ser a prioridade adequada.

Dessa forma, uma pessoa mansa conserva o domínio próprio por amor a Deus. Além disso, este amor produz atos gentis e uma atitude de benevolência às pessoas. Esse domínio deve ser compartilhado nas redes sociais. 

Há indivíduos que ao fazerem o login para entrar nas redes sociais, parece sofrer uma exposição aos raios gama e a mutação acontece se transformando em uma espécie de Hulk das redes sociais. Tudo ofende essa pessoa e ela sente a necessidade de responder qualquer tipo de provocação, mas exercer a mansidão nesses momentos provocativos não é fraqueza, mas poder de Deus conservando o domínio próprio. Jesus é o exemplo para nossa vida cristã. Ele foi manso e humilde. Precisamos ser desta forma até nas redes sociais. Não é fácil, mas temos que tentar.

Autor: Georgington de Souza Ribeiro
Revisão e edição de texto: Thiago Andrade
Referência Bibliográfica 
Lopes, Hernande,Colossenses: a Supre grandeza de Cristo, o cabeca da igreja / Hemandes Dias Lopes. — São Paulo, 2008

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...