sexta-feira, 9 de junho de 2017

John Wycliffe nos fala hoje

Um pré-reformador que muitas vezes é deixado de lado na história, mas sem dúvida tem em sua vida inúmeras realizações para nos motivar na caminhada de buscar a Glória de Deus.

Agostinho certa vez disse que “ subimos nos ombros de gigantes para podermos ver mais adiante”. John Wycliffe sem dúvida é um desses pilares da fé que nos motivam e ajudam a caminhar na fé cristã. Sua ousadia contra um sistema que não queria a Bíblia na mão do povo é digna de ser lembrada. Não permitiu que o clero dominasse as Escrituras, antes levou as Sagradas Letras na língua do povo. “O conhecimento da lei de Deus deve ser ensinado na língua mais fácil de entender, porque o que está sendo ensinado é a palavra de Deus” disse Wycliffe. Graças a seu empenho e sofrimento os ingleses tiveram as Escrituras em sua própria língua. Aquele povo pode pela primeira vez ler as Palavras de Vida Eterna em sua língua materna. Sua tradução auxiliou os missionários Lolardos a proclamar as virtudes de Cristo chamando pecadores ao arrependimento, os levando a abraçar com todas as suas forças o Salvador ressuscitado no século 14.

Sua vida retrata aquilo que o Senhor em João 12 disse “o grão de trigo deve morrer para que se tenha vida”. Ele morreu para aquilo que era a falso. Morreu para si mesmo. Sua morte para esse mundo trouxesse vida para muitos. Deus usou de modo gracioso esse pequeno homem. Depois de sua morte nos é dito “Inúmeras cópias da Bíblia de Wycliffe foram feitas. Elas tinham grande circulação e eram passadas para as gerações seguintes”. Deus pegou esse barro e fez dele um vaso belo para colocar em sua galeria da fé. 

Esse gigante morreu, mas outros se levantaram e difundiram seus conceitos acerca da fé cristã. Sua morte foi inesperada, mas com certeza estava determinada por Deus para dar descanso a esse guerreiro da fé bíblica. Foi considerado como herege “"Você diz que é uma heresia falar das Sagradas Escrituras em inglês. Você me chama de herege porque eu traduzo a Bíblia para a língua comum do povo. Você sabe contra quem você está blasfemando? Não foi o Espírito Santo que deu a Palavra de Deus em primeiro lugar na língua materna dos países para o qual ela foi dirigida? " 

Mesmo depois de morto seu corpo foi desenterrado, queimado e suas cinzas jogadas no rio Swift. Aquele que trouxesse luz, mediante a graça de Deus, tornou-se odiado pelos cegos que se declaravam defensores do cristianismo. Seu nome era desprezado, sua história causava náuseas naqueles opositores. Ao contrário dos homens de sua época sua trajetória nos causa animo, e leva-nos a batalhar pela fé evangélica. Hoje o herege é um dos heróis do cristianismo protestante. Seu nome não é mais odiado, pelo contrário, é lembrando como sendo um daqueles que esse mundo não é digno de receber e que amaram a Deus acima de tudo. Hoje existe uma organização que leva seu nome, e que tem o mesmo propósito do pré-reformador, traduzir as Escrituras para os povos que ainda não tem a Palavra de Deus em sua língua. Um dicionário de extrema influencia no mundo teológico também leva seu nome. Ele morreu e foi sepultado, mas a graça de Deus fez desse servo uma grande influência para os dias de hoje. 

Wycliff e nos fala hoje e suas palavras são 2 Corintios 4:

1 Pelo que, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos;

2 pelo contrário, rejeitamos as coisas que, por vergonhosas, se ocultam, não andando com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus; antes, nos recomendamos à consciência de todo homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade.

3 Mas, se o nosso evangelho ainda está encoberto, é para os que se perdem que está encoberto,

4 nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.

5 Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor e a nós mesmos como vossos servos, por amor de Jesus.

6 Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo.

7 Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós.

8 Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados;

9 perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos;

10 levando sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a sua vida se manifeste em nosso corpo.

11 Porque nós, que vivemos, somos sempre entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal.

12 De modo que, em nós, opera a morte, mas, em vós, a vida.

13 Tendo, porém, o mesmo espírito da fé, como está escrito: Eu cri; por isso, é que falei. Também nós cremos; por isso, também falamos,

14 sabendo que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus também nos ressuscitará com Jesus e nos apresentará convosco.

15 Porque todas as coisas existem por amor de vós, para que a graça, multiplicando-se, torne abundantes as ações de graças por meio de muitos, para glória de Deus.

16 Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia.

17 Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação,

18 não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas

SOLI DEO GLORI
(Fountain, John Wycliffe, pp. 45-47).


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...